Samsung Galaxy Note 7 – Recall por Falha de Bateria

Confira aqui os principais motivos que levaram a Samsung a realizar um recall do Galaxy Note 7.

A sul-coreana Samsung anunciou que irá realizar o recall de cerca de 2,5 milhões de smartphones pertencentes a linha Galaxy Note 7. O dispositivo foi lançado mundialmente a menos de um mês. O recall será feito devido a um grave problema na bateria do aparelho. De acordo com alguns dados levantados até o momento, já foram mais de 35 acidentes ocorridos por causa da falha. Segundo relatos de usuários dos aparelhos, os problemas vão do superaquecimento até eventuais explosões das baterias.

O processo de recall do Note 7 deverá atingir em torno de 1 milhão de pessoas que compraram o aparelho desde o seu lançamento. Entretanto, a Samsung ainda irá recolher mais de 1,5 milhão de dispositivos que se encontram no varejo dos diversos mercados onde o produto está sendo comercializado.

Para a Samsung, o caso é mais do que o problema comum. A marca sul-coreana praticamente depende da venda de smartphones para gerar sua receita: Apenas no primeiro semestre de 2016, 54% do lucro operacional da companhia foi gerado por esse segmento. Para se ter ideia do impacto, logo após o surgimento dos primeiros relatos envolvendo acidentes com a bateria do Galaxy Note 7 nos 10 mercados onde a empresa está comercializando o aparelho, suas ações chegaram a cair US$ 17 bilhões. Anunciando o recall rapidamente a Samsung conseguiu evitar perdas maiores.

Koh Dong-jin, o diretor do setor de negócios de smartphones da companhia, participou de uma coletiva de imprensa recentemente para falar sobre o recall. De acordo com seus comentários, ele não poderia falar sobre os custos e prejuízos que o problema já está trazendo para a fabricante. Mas chamou a atenção ao dizer que seu coração doía já que o número deverá ser enorme. O executivo divulgou ainda que a estimativa é de que 24 aparelhos para cada 1 milhão apresente defeito.

Nos mercados onde o Note 7 já se encontrava à venda, a Samsung garantiu que a substituição do dispositivo por um novo irá acontecer nas próximas duas semanas.

O defeito:

A falha que foi encontrada no Galaxy Note 7 ocorre na bateria que é feita de íons de lítio. Baterias desse tipo são usadas na maioria dos tables e smartphones que se encontram no mercado por permitirem um carregamento mais frequente sem que haja prejuízos ao dispositivo. Além disso, ela ocupa menos espaço.

Porém, a tecnologia tem seus riscos. As substâncias usadas na composição da mesma são altamente inflamáveis quando entram em contato com o oxigênio.

Até agora a Samsung não deu informações detalhadas sobre as possíveis causas da falha.

Por Denisson Soares

Postar Comentário