Comparativo Moto G x Moto G2 – Principais Diferenças

Confira aqui um comparativo com as principais diferenças entre o Moto G e o Moto G2.

A cada mês surgem no mercado novas opções de smartphones de diferentes marcas, modelos e configurações. Entre as novidades que aparecem nas lojas estão as novas gerações de modelos consagrados de celular, como é o caso do Motorola Moto G, que ganhou um irmão mais novo, o Moto G2 – a segunda geração do modelo da Motorola. Mas será que vale a pena investir em um modelo de segunda geração enquanto o smartphone da primeira geração acaba sendo comercializado por valor inferior? Conheça mais sobre os modelos Moto G e Moto G2, compare e descubra se vale a pena investir no modelo mais novo.

Com design semelhante, os dois smartphones têm visual quase idêntico, apesar do modelo da segunda geração pesar pouco mais que o seu antecessor: 149 gramas para o Moto G2 e 143 gramas para o Moto G primeira geração. Esta mudança se dá por conta, provavelmente, do ligeiro aumento da tela do Moto G2 se comparado ao Moto G: 5 polegadas para o novo smartphone contra 4,5 polegadas para o modelo anterior. A resolução, no entanto, se manteve em 720×1280 pixels, com tecnologia Gorilla Glass, que evita riscos e rachaduras na tela.

A câmera do novo Moto G2 sofreu mudanças positivas: passou a ter 8 MP de resolução, ante 5 MP da câmera do modelo Moto G, com resolução máxima de 3264×2448 pixels. A câmera frontal utilizada para selfies e filmagens para Instagram e Snapchat, por exemplo, possui 2 MP de resolução no Moto G2 e 1,3 MP no modelo anterior da Motorola.

O smartphone Moto G2 sai de fábrica com sistema operacional Android 4.4.4 Kit Kat, contra o Android 5.0.2 Lollipop do Moto G. Já o processador, memória RAM e capacidade de armazenamento se mostraram inalterados no modelo posterior ao Moto G: ambos são equipados com processador 1.2GHz Quad Core, memória RAM de 1GB e capacidade de armazenamento de 8GB. Apenas uma mudança faz o Moto G 2 se sobressair em relação ao seu irmão mais velho: o novo smartphone possui capacidade de expansão de memória interna, através de cartão micro SD, para até 32GB, que não estava disponível no modelo antigo.

O preço pode ser um fator determinante na hora da compra: enquanto o Moto G2 é comercializado por cerca de R$ 799 nas lojas online, o Moto G pode ser encontrado por R$ 450. Por se tratar de um smartphone mais antigo, no entanto, não é tão fácil encontrar nas principais lojas online o modelo mais antigo, uma vez que a cada novo lançamento de marcas renomadas, mais e mais modelos de smartphones vão ficando para trás.

Se você busca um modelo barato e capaz de atender às necessidades básicas de um usuário comum, o Motorola Moto G pode ser uma boa opção de compra. Agora, se seu objetivo é encontrar um modelo que seja comercializado por valor médio de um smartphone intermediário e tenha pequenas modificações, que trazem ao consumidor uma qualidade maior de uso, o Moto G2 pode valer a pena.

André Barbirato

Postar Comentário