LG Display inicia Desenvolvimento de Telas OLED Flexíveis para Celular

Empresa quer se tornar a principal marca produtora de telas OLED flexíveis.

A divisão da LG responsável pela fabricação de painéis de LCD e OLED, a LG Display, divulgou recentemente que vai continuar apostando em novas tecnologias e que não vai poupar investimentos para isso. De acordo com a divisão, o investimento previsto será na faixa de US$ 1,7 bilhão. O objetivo é bem claro: Desenvolver e produzir uma nova linha de displays OLED flexíveis com foco nos dispositivos móveis, especialmente os smartphones.

As telas OLED flexíveis geralmente são utilizadas em displays curvos. Um bom exemplo é o caso do ainda “novo” Galaxy S7 Edge, da Samsung. A LG tem olhado com atenção para o setor das telas flexíveis. A razão para isso é que as estimativas apontam para o fato de que elas se tornarão cada vez mais populares nos próximos anos. Com isso em mente, a LG Display já anda trabalhando para ficar na frente nesse novo mercado. A ideia é de que o investimento em escala bilionária consiga colocar a marca na liderança quando o assunto for a oferta de telas OLED flexíveis.

Para que os planos sigam conforme o que foi definido, a LG já está pensando também em expandir suas unidades de fábrica. Neste caso em especial a companhia já manifestou o interesse de colocar a nova linha de produção de telas em uma nova unidade de fabricação de displays que será construída na Coreia do Sul. Somente essa fábrica tem investimentos previstos de US$ 8,9 bilhões.

Além disso, rumores já circulam em diversos sites especializados sugerindo que a nova fábrica também será responsável por fornecer as telas para os futuros lançamentos de iPhone. Sobre isso nem a Apple e nem a LG divulgaram informações que confirmassem os boatos. Ainda assim, esses rumores até que possuem fundamento, uma vez que já é de conhecimento público o fato de que Apple deixará de lado os displays de LCD e passará a usar apenas os OLED a partir de 2018.

Sobre tudo isso o CEO e vice-presidente da LG Display, Sang-Beon Han, afirmou que a mudança na tecnologia das telas é um desafio, mas também uma grande oportunidade para a indústria de displays. Ainda de acordo com ele, a marca está mesmo empenhada na área com o objetivo de se tornar líder.

A LG estima que seus displays OLED comecem a ser produzidos a partir do segundo semestre de 2018.

Por Denisson Soares

Postar Comentário