Preços do iPhone 5S no Brasil

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas (1 votos, média: 10,00 de 10)

     





O novo smartphone da Apple, o iPhone 5S, custará aproximadamente R$ 3.600,00 na operadora italiana TIM assim que forem iniciadas as vendas do dispositivo no Brasil à 0h desta sexta-feira (22/11). Esse valor é para o modelo de 64 GB, que nos Estados Unidos é vendido a US$ 850.

Outras operadoras, como a Oi, também divulgaram os valores de alguns aparelhos. A versão mais básica do aparelho, 16 GB de armazenamento interno, será vendido por R$ 2.800,00, pela TIM. Na Oi será cobrado o mesmo valor por esse modelo. Em outros países, a versão de 16 GB custa em média US$ 650. Esse valor representa uma elevação no valor de R$ 400,00 quando comparado ao valor inicial do seu antecessor, o iPhone 5, que iniciou sua comercialização no Brasil em agosto deste ano pelo valor de R$ 2.400,00.  

O iPhone 5S de 32 GB será vendido aqui por R$ 3.200,00, já nos Estados Unidos será vendido por US$ 750.  

Todas as três versões (16 GB, 32 GB e 64 GB) do smartphone estarão disponíveis nas cores prata, dourado e cinza. A TIM divulgou que os aparelhos não serão vendidos com descontos juntos aos planos. 

A TIM também divulgou os valores do iPhone 5C, uma versão do iPhone 5 com acabamento emborrachado. Os preços variam de R$ 2 mil (modelo de 16 GB) até R$ 2.400 (32 GB). Na Oi, o modelo de 16 GB também será vendido por R$ 2 mil.  

Nos Estados Unidos, os modelos citados acima são vendidos por US$ 550 e US$ 650, respectivamente.

O 5C será vendido nas cores verde, rosa, branca, amarela, azul, dependendo da operadora telefônica.  

A operadora Vivo vai abrir uma loja no Shopping Morumbi, em São Paulo. Já a operadora Oi fará o lançamento no Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, e também no Shopping Morumbi, em São Paulo.

Por André Barbosa

Apple iPhone 5S Preços do iPhone 5S no Brasil

Foto: Divulgação

perfil Preços do iPhone 5S no Brasil


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?





RSS RSS (comentáos)